Vai tomar banho!!!


Como eu disse ontem, hoje vou falar sobre um tema que começou no grupo do facebook. Para escrever esse texto, eu tive que contar com apoio de varias mãe, foram diversas dicas, fotos que elas disponibilizaram para colocar aqui no blog, eu só tenho que agradecer a todas as mães e dizer que essa postagem foi coletiva, tem a mão de todas vocês!




Tudo começou quando a Marina, apareceu no  grupo com a seguinte questão:Pessoal, Queria saber se alguém usa banheira (daquelas fixas tipo hidromassagem) para tomar banho ou dar banho no filho? Meu filho está crescendo e estamos pensando em colocar uma banheira para ele, precisava saber se tem algum modelo melhor ou alguma adaptação que ajude? Alguém tem alguma dica? Obrigada!” 
Começou a chover de dicas, cada mãe falando como conseguiu encontrar a melhor solução para dar banho no filho, pois depois de uma certa idade, a criança não cabe mais naquela banheira convencional, de bebê. Ai, começa entrar uma serie de questões, o peso e o tamanho da criança, a posição da pessoa que dar o banho, a coluna da mesma, enfim coisas do dia a dia que temos que resolver! Afinal um bom banho é fundamental, relaxa e que criança que não gosta de brincar na água, por isso não tem como tornar a hora do banho em um momento de stress.



Vou começar comigo, eu tenho dois jeitos de tomar banho, um é em pé, mas com ajuda da minha mãe. O outro modo é sentada, que ai eu tomo sozinha. Eu sento nesse banco da foto, comprei na Leroy Merlin, a base é estável, me sinto segura nele e consigo me movimentar no Box. O banco custou 35,00 reais, tem um outro que é bem mais barato, mas eu não acho tão estável como o meu!


















Sabendo que ia escrever esse texto, fui procurar nas lojas especializadas em equipamentos para pessoas com deficiência, se tinha bancos, banquetas, para banho, achei na loja Cavenaghi, em São Paulo, os preços variam de 160 a 330 reais. Lógico que o material é outro, tem ajuste de altura, é totalmente desmontável e outras coisas mais. Aqui vai das necessidades de cada um, para mim, o meu banco suprir as minhas necessidades perfeitamente.













        Segunda dica é da Monalisa, ela com ajuda do pai, construíram essa cadeira para dar banho no filho, o modelo é do Sarah Kubtischek.. Eles têm o manual de como fazer essa cadeira, caso a Monalisa autorize, eu coloco aqui. Adorei a criação,  parabéns aos dois!









Terceira dica, vem da Ana, ela usa o ofurô. Primeiro ela dar o banho da filha no colo, sentada em um banquinho bem baixinho que fica no box, depois ela  deixo a filha no ofurô relaxando e brincando.





















Quarta dica, falaram de um apoio para banho que pode ajudar também.



















O apoio e o ofurô vendem na loja BBtrends.

Quinta dica, é a Banheira Vitoria; a Posição Fowler (semi-sentada); Proporciona praticidade, conforto, segurança e higiene; É possível fazer exercícios na água;  Tem apoio para os braços; Estrutura em fibra de vidro.





Sexta dica, a Cadeira de Banho Enxuta, ela é de alumínio, regulagem de inclinação do encosto, rodízios giratórios com freios e tem  apoio de cabeça com regulagem na altura.






Sétima dica, vem da Mari, ela utiliza a banhita, loja Expansão. Pelo que eu vi no site da loja, estão construindo a banhita para adulto.










Ultima dica, deixo aqui algumas opções de cadeira de banho, peguei os modelos na loja Cavenaghi.






















lojas citadas neste texto:













       Mais uma vez, obrigada a todas as mães!


Até mais,
bjo,    
Carol 

8 comentários:

SA

Obrigada pelo resumo. Nao tive oportunidade de participar nessa conversa do face.
De qualquer forma deu para perceber que ainda nao tenho que comprar nada adaptado, sempre caro.
Já usei o ursinho, e que costumo levar de fim de semana,tenho a banheira branca que usei nas férias mas normalmente está na sala, porque uso como banco e que he dá muio conforto. E há 2 anos que uso uma banheira normal de criança mas que por dentro tem uma espécie de ursinho, ou seja é ergonómica.. Assim, mantém a postura e nós temos as mãos livres. O problema é sair da banheira, que se torna mais difícil, dor de costas, onde se deita ou senta... Bj e parabéns pelo resumo com fotos

Fabiola Rodrigues

Olá eu uso um banquinho simples de plástico, que apoio a perna e sento meu filho em cima. Ele já está com 7 anos, e não tem controle nenhum do seu corpinho e agora tem uma traqueo,mas conseguimos dar um belo banho nele,por enquanto está dando certo dessa maneira,até porque meu banheiro é minúsculo.Mas as dicas forma maravilhosas.Parabéns.

Anônimo

Adorei esse modelo lado sarah,estive la com meu filho,mas a banhita tambem e muito comoda,a banheira melhor ainda se conseguir o modelo do sarah pode me adicionar no facebook soeni da luz,abraço.

Renata Jordão

Olá, meu nome Renata Jordão, tenho um filho de 13a q tem síndrome Dandy Walker, comprometimento motor severo, gosto de levar as irmãs dele na praia, mas ele fica pouco confortável, pois a cadeira de rodas não é própria p praia, sabe de alguma? E essa cadeira verde da foto para coloca-lo na praia excelente, é de plástico ou algum tipo de poliuretano?
Obg

CRISTIANE MORAES

oi carol gostei muito das dicas, tenho uma filha de 10 anos tetraplegica e estou com muita dificuldade para dar banho, estou interessada no modelo da sarah, como consigo o manual? bjos,Cristiane Mt

Carolina Câmara

Oi Cristiane, me passa seu mail, que te passo o manual.
bjss

Larissa

Prezada Carolina,
Por gentileza, caso você ainda tenha, me forneça uma cópia do manual para confecção da cadeira de banho do SARAH
Meu e-mail é larissamaues@gmail.com

Att,

Unknown

Boa tarde!!!
Nossa a muito tempo procuro algo para o banho para minha filha.
Mas não encontro nada pro conforto dela e pro meu.
Amei as dicas e os modelos.
Tenho uma filha de 7 anos, ela tem atraso cerebral, e tenho muita dificuldade para dá banho nela,
Ainda dou banho em banheira de bebê.
Já não aguento mas de dor na coluna.
Eu amei este modelo da Sarah.
Gostaria muito de uma desta, tenho certeza que ia me ajudar de mas.
Se puder me ajudar em alguma coisa por favor me envia algo no meu e-mail.
Drijordrina@gmail.com

" As pessoas têm medo das mudanças. Eu tenho medo que as coisas nunca mudem". Chico Buarque
 
Carolina - Um sonho a mais não faz mal
Design por João Elias - Topo ↑